NES ARCHIVE ONDE O NES AINDA VIVE Versão 4

Contra Force Adicionado ao sistema por Mother Brain

cf2thumb.pngContra Force é um ótimo desafio, algo diferenciado do Contra original e que deve ser jogado pelos amantes do tiroteio em 8 bits. Com uma historinha bacana, possibilidade de evolução das armas e escolha de 4 personagens distintos…

Por Cosmão

Ficha Técnica

Título: Contra Force
Ano de lançamento: 1992
Console: NES
Fabricante: Konami
Gênero: Ação
Análise por: Cosmão
Texto originalmente postado em: http://shugames.blogspot.com/

Sobre o game

Acredito que a maioria aqui conheça Contra e suas versões para diversos consoles. Contra sempre foi uma série que primou pela dificuldade exacerbada, onde somente os mais insistentes conseguiam avançar no game. Contra Force não é lá muito diferente disso, principalmente no quesito dificuldade. Tirando este fator (e o tiroteio, lógico), Contra Force brilha como um belo spin-off da série principal e é um caminho que deveria ter sido melhor explorado na época.

No comando de Burns, a nossa missão é desmantelar um sindicato conhecido somente por D.N.M.E.. Mas Burns não está sozinho nessa. Junto dele, temos mais 3 camaradas prontos pra pregar fogo em qualquer bandido que aparecer. Vamos aos personagens:

cf01.png

Burns: o mais equilibrado, possui uma metralhadora que pode dar conta do recado facilmente.
Iron: o peso-pesado da equipe, começa com uma BAZUCA, um singelo brinquedinho.
Smith: o maior causador de head-shots, talvez por equipar uma sniper. É meio lento no ataque, mas é preciso e seus tiros tem uma boa potência.
Beans: demolir coisas é com ele mesmo, expert em explosivos.

Como puderam notar, os 4 são bem diferentes entre si no que diz respeito ao armamento de cada um. Isso se aplica fundamentalmente nas fases, onde sempre um deles é mais eficaz que o outro, cabendo ao jogador acertar na escolha em momentos certos. Vale lembrar que cada um deles possui uma espécie de evolução das armas primárias, podendo chegar à níveis de um lança-míssil, no caso do Iron. Algumas maletas são encontradas quando se destrói partes do cenário, coletando várias, um medidor no HUD vai subindo e liberando novos armamentos. Ao apertar select, a arma no qual o medidor parou é escolhida e só poderá ser trocada quando o jogador preencher esse medidor novamente. Isso adiciona uma boa dose de SORTE e de PLANEJAMENTO, visto que algumas armas são complicadas de usar no meio da guerra.

 cf1.PNG
Burns na correria da primeira fase

No caso de Beans, por exemplo, uma das evoluções lhe permite plantar duas bombas C4 pelo cenário e esperá-las explodir não é uma boa idéia no meio de um tiroteio frenético. Talvez guardá-lo e usá-lo em um boss seja a melhor alternativa. Falando nisso, é possível alternar entre os 4 personagens à qualquer momento do game, bem como adicionar estratégias de combate para a CPU te acompanhar ou chamar um amigo pra te ajudar. Essa é uma alternativa um tanto quanto inovadora pra época, eu pelo menos não lembro de nenhum jogo com essas possibilidades. Fora que dá pra guardar aquele personagem que estiver na sua última vida e usar outro até as coisas ficarem mais tranquilas.

cf2.PNG
A telinha de escolha de personagens e Iron detonando o grandão na bazucada!

No quesito gráficos, o jogo é bem normal. Não há nenhum efeito diferente do que já foi visto no NES, nenhum cenário diferente, fase ou qualquer outro aspecto. Tá certo que o jogo dá uma inovada e manda alguns cenários onde se vê tudo de cima, mas não é nada tão espetacular assim. Pra dizer a verdade, o jogo tem até alguns slowdowns em alguns momentos, o que irrita bastante. No som, nenhuma música épica, o que é bem raro em games 8 bits, mas, por outro lado, nenhuma delas vai lhe deixar enjoado também.

 cf3.png

Em algumas partes é preciso saber saltar…

Conclusão

Contra Force é um ótimo desafio, algo diferenciado do Contra original e que deve ser jogado pelos amantes do tiroteio em 8 bits. Com uma historinha bacana, possibilidade de evolução das armas e escolha de 4 personagens distintos e algumas fases variadas, o jogo acaba agradando até quem não é lá muito fã de jogos que te matam com um mísero tirinho.



Comments are closed.

© 2000/2017 Nes Archive ~ V4.2012 ~ Construída sobre a plataforma Wordpress.
Todas as imagens e logos são protegidos pelos direitos de seus respectivos autores (TM & ©).
O conteúdo divulgado neste website é usado exclusivamente para fins informativos, sem nenhuma intenção comercial.
Este site não é afiliado à Nintendo ou a quaisquer empresas de videogame.
Voltar ao topo